Gripe A

Calendário de vacinação contra gripe A "não é rígido"

Calendário de vacinação contra gripe A "não é rígido"

 

Lusa / AO online   Nacional   12 de Nov de 2009, 11:02

O director-geral da Saúde, Francisco George, afirmou esta quinta-feira que o calendário de vacinação contra a gripe A (H1N1) "não é rígido" e irá de encontro à situação epidemiológica que for sendo registada no país.
"Quero assegurar que o calendário [da vacinação] previsto não é rígido. Naturalmente, pode sofrer alterações", disse Francisco George, que esta manhã participou, no Porto, na cerimónia de lançamento de um folheto informativo em braille sobre a gripe A.

Segundo referiu, se se verificar que há necessidade, poderá ser alterado aquilo que está previsto em relação aos grupos considerados prioritários para vacinação, dando a entender que as crianças saudáveis até aos 12 anos poderão ser abrangidas mais cedo do que o estabelecido.

O director-geral ressalvou, contudo, que a campanha está sempre dependente do fornecimento das vacinas por parte da empresa farmacêutica que as produz.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.