Açoriano Oriental
Benfica regressa à final da Youth League com triunfo merecido sobre o Ajax

O Benfica apurou-se este sábado pela terceira vez para a final da UEFA Youth League de futebol com um expressivo triunfo sobre o Ajax, por 3-0, num encontro em que foi claramente superior ao rival holandês.


Autor: AO Online/ Lusa

Em Nyon, na Suíça, Tiago Araújo, aos 42 minutos, Embaló, aos 75, e Tiago Dantas, aos 79, na marcação de uma grande penalidade, construíram a vitória dos ‘encarnados’, num encontro em que o resultado podia ter sido mais dilatado.

Com este triunfo, o Benfica está pela terceira vez no jogo decisivo da competição, agendado para terça-feira, e pode suceder ao FC Porto na lista de vencedores, mas para isso terá de de fazer bem diferente do que em 2013/14, quando perdeu com o FC Barcelona, por 3-0, e 2016/17, quando caiu perante o Salzburgo (2-1).

Seja o adversário outra vez o Salzburgo ou Real Madrid, que ainda hoje disputam a outra meia-final, os ‘encarnados’ demonstraram perante o Ajax que podem conquistar o título, tal a superioridade que foi demonstrada.

Embaló fez o segundo golo da formação lisboeta, mas protagonizou uma mão cheia de oportunidades falhadas durante todo o encontro, tendo ficado perto de inaugurar logo aos três e nove minutos.

O Benfica foi mantendo o controlo da partida até à meia hora de jogo, altura em que o Ajax conseguiu criar alguns lances de perigo, primeiro com Martha a falhar o alvo, quando estava em excelente posição para marcar, e depois com o guarda-redes japonês Kokubo a defender para canto um remate do dinamarquês Rasmussen.

Contudo, a equipa portuguesa chegou à vantagem ainda durante a primeira parte, com um grande golo de Tiago Araújo, aos 42 minutos. O avançado rematou de pé esquerdo forte e colocado à entrada da área.

Ainda antes do intervalo, Kokubo impediu Kasanwirjo de refazer a igualdade, naquela que foi a última defesa do japonês em todo o encontro.

Na segunda parte, Kokubo pouco esteve em jogo, tal o domínio no Benfica na partida, numa fase em que novamente Embaló esteve em destaque com duas boas oportunidades, aos 47 e 66 minutos. Em ambas, falhou o alvo.

A falta de pontaria do avançado de origem guineense e algumas boas intervenções do guarda-redes Raatsie foram adiando o segundo golo do Benfica, que viria a acontecer aos 75 minutos.

Na sequência de um canto, Embaló apanhou a bola a entrada da área e disparou com sucesso, embora tenha tido a ajuda de um desvio.

Pouco depois, aos 78 minutos, o Benfica confirmou a passagem à final com uma grande penalidade de Tiago Dantas, a castigar um derrube de Douglas a Luís Lopes.

Jogo no Centro Desportivo de Colovray, em Nyon, na Suíça.


 
PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.