Ayatollah dissidente Montazeri morre aos 87


 

Lusa   Internacional   20 de Dez de 2009, 13:52

O Grande Ayatollah Hossein-Ali Montazeri, que foi delfim de Khomeini até cair em desgraça em 1989, morreu na madrugada de domingo em Qom, durante o sono, aos 87 anos, anunciou um neto, Nasser Montazeri.

Montazeri chegou a ser designado para suceder ao Ayatollah Ruhollah Khomeini, o falecido fundador da Revolução Islâmica de 1979, mas os dois entraram em ruptura uns meses antes de Khomeini morrer de cancro em 1989.

Por isso, o sucessor de Khomeini foi o actual Líder Supremo do Irão, o Ayatollah Ali Khamenei.

Montazeri denunciou repetidamente que o regime islâmico impôs uma ditadura no Irão em nome do Islão.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.