Sociedade

Associação de bares alerta para o "drink spiking"


 

Lusa/AO Online   Nacional   26 de Dez de 2008, 14:22

Donos de bares da zona histórica do Porto aconselharam hoje os seus clientes a redobrarem a atenção para o fenómeno do "drink spiking", que consiste na adição de substâncias psicotrópicas em bebidas para facilitar roubos ou violações.
    Em comunicado, a Associação de Bares da Zona Histórica do Porto (ABZHP) enumera um conjunto de "mandamentos" que devem ser seguidos pelos frequentadores dos estabelecimentos nocturnos na passagem de ano.

    Não abandonar o copo em circunstância alguma e não aceitar oferta de bebidas por estranhos, sem verificar quem as serviu, são dois dos "mandamentos" enunciados.

    A um conjunto de 13 mandamentos directamente relacionados com o "drink spiking", a ABZHP acrescenta uma recomendação aos donos de estabelecimentos nocturnos para que vedem a entrada nos seus estabelecimentos a menores de 16 anos, nos termos da lei.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.