Açores são “campeões dos maus indicadores” da saúde, diz JSD regional

Açores são “campeões dos maus indicadores” da saúde, diz JSD regional

 

AO Online/ Lusa   Regional   13 de Jul de 2019, 19:40

O líder da JSD/Açores, Flávio Soares, lamentou este sábado que os Açores sejam “campeões dos maus indicadores de saúde”, numa alusão aos dados que indicam que a região tem a maior prevalência nacional de obesidade infantil.

Para este responsável, citado em nota de imprensa, “é urgente, neste assunto, como em outros, a definição de políticas de saúde pública para que os Açores não sejam, em permanência, envergonhados quando se debatem indicadores de saúde das populações”.

Os Açores são a região com maior prevalência de excesso de peso infantil, com uma em cada três crianças com peso a mais, e o Algarve a que tem menor valor (21%), segundo os dados divulgados.

De acordo com o COSI Portugal 2019, o sistema de vigilância nutricional das crianças em idade escolar (dos 6 aos 8 anos), coordenado pelo Instituto Nacional de Saúde Ricardo Jorge, a prevalência da obesidade infantil aumentou com a idade, com 15,3% das crianças de 8 anos obesas, incluindo 5,4% com obesidade severa, um valor que é de 10,8% nas crianças de 6 anos (2,7% obesidade severa).

Flávio Soares defende que uma das soluções a adotar é o investimento numa “verdadeira saúde escolar”, com um conceito “abrangente” e com profissionais de Saúde “dedicados exclusivamente ao papel de educadores para a Saúde nas escolas da região”.

O líder da JSD dos Açores refere que “agora fala-se da prevalência da obesidade infantil, como se podia falar das estatísticas sobre gravidez na adolescência ou do consumo de álcool e estupefacientes”, acrescentando que esta “não é uma realidade isolada, mas sim um panorama geral negro dos indicadores de saúde da região”.

O dirigente defende que “é necessário valorizar o papel dos cuidados de saúde primários, com o objetivo de prevenção da doença, no Serviço Regional de Saúde”.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.