Copenhaga

Acordo continua a escapar a líderes políticos

Acordo continua a escapar a líderes políticos

 

Lusa/AO Online   Internacional   18 de Dez de 2009, 15:44

Os participantes na conferência mundial sobre alterações climáticas continuam sem conseguir chegar a um texto final com as bases para um novo acordo, apesar do esforço realizado pelos principais líderes políticos na recta final de Copenhaga.

As várias diligências em curso para desbloquear as negociações e a aproximação entre os Estados Unidos e a China não foram suficientes para ultrapassar as dificuldades nas negociações em Copenhaga, a poucas horas do final da cimeira, e o esqueleto de um tratado vinculativo sobre redução de emissões poluentes continua sem aparecer.

Apesar de a sessão plenária de encerramento estar marcada para as 18:00  são poucos os que acreditam que um acordo possa ser alcançado até essa hora, tendo o comissário europeu do Ambiente, Stavros Dimas, já pedido às 192 delegações para "não deixarem" Copenhaga hoje a noite.

A ideia dominante na cimeira mundial sobre o clima é a de que haverá sem dúvida um acordo, que deverá ser desbloqueado pelos chefes de Estado dos vários países, imperativo que poderá resultar num prolongamento da conferência até sábado.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.