Açoriano Oriental
Escola
Escola Básica Integrada Canto da Maia

Todos os conteúdos publicados são da responsabilidade da Escola

Concurso "Uma Aventura...Literária 2022"


2

No ano letivo 2021/2022, os alunos das turmas 5.º B, C e D, da EBI Canto da Maia, abraçaram o desafio apresentado pela sua professora de Português e apresentaram trabalhos, no âmbito do concurso Uma aventura... Literária 2022.

Cerca de 64 alunos escolheram um livro das coleções "Uma aventura" ou "Viagens no tempo" e leram-no, durante a interrupção letiva de Natal. No início do 2.º período, fizeram o seu trabalho individual, na modalidade de "Crítica". 

No final do ano letivo receberam a feliz notícia que tinham sido premiados.

Para além dos diplomas que receberam individualmente, decidiram que o valor do prémio serviria para adquirir mais livros.

Graças à pronta intervenção e disponibilidade do sr. José Carlos Frias da Livraria Solmar, em Ponta Delgada, os livros chegaram à escols e estão na Biblioteca Escolar Emanuel Jorge Botelho, na sede da EBI Canto da Maia.

Boas leituras!

 

AO Escolas

Escola Secundária Antero de Quental recria os Jogos Olímpicos.
A escola celebrou, esta semana, uma 1ª edição dos Jogos Olímpicos, evento que reuniu vários grupos disciplinares, o núcleo de estágio de História e toda a comunidade educativa.
 
Escola Secundária Antero de Quental
Exposições envolvem a comunidade educativa
Durante o mês de Abril, a comunidade educativa da EScola Secundária de Lagoa envolveu-se no desenvolvimento de atividades diversas para comemorar os 50 anos do 25 de Abril de 1974.
 
Escola Secundária da Lagoa
Mesas redondas e experiências na 1ª pessoa sobre alguns aspetos da vida antes de 1974
Os Açores antes do 25 de Abri: A Censura, a Guerra Colonial e a mulher no Estado Novo. A Educação e o Ensino no Estado Novo. Foram os temas de duas mesas redondas que trouxeram até aos dias de hoje alguns relatos que permitiram a uma plateia jovem conhecer o que foi viver antes do 25 de Abril de 1974.
 
Escola Secundária da Lagoa

Notícias AO

Requalificar e ampliar o HDES permite poupar 40% do valor de um hospital de raiz
Mónica Seidi. Secretária regional da Saúde e Segurança Social, revela que arquiteto que projetou o Hospital Divino Espírito Santo (HDES)visitou aquela unidade, tendo considerado que a infraestrutura é aproveitável, mas necessita de um novo plano funcional. Requalificar, ampliar e modernizar é a melhor opção e permite poupar tempo e dinheiro. Governo Regional e Ministérios deverão reunir em julho, já com relatório dos prejuízos feito
 
“Isolamento das ilhas ao longo dos séculos gerou especificidades que garantem expressões culturais únicas”
Maria José Lemos Duarte. Natural de Ponta Delgada, construiu uma carreira na área da cultura. Atualmente presidente do Teatro Micaelense, partilha memórias da infância, reflexões sobre a identidade açoriana e a sua trajetória profissional e política
 
XX Concurso Micaelense da Raça Holstein Frisia
"Governo Regional deve pagar “rapidamente” apoios em atraso", alertou o presidente da Associação Agrícola de São Miguel na abertura do XX Concurso Micaelense da Raça Holstein Frisia.
 
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados