Walk&Talk 2019 inicia-se a 5 de julho em Ponta Delgada

Walk&Talk 2019 inicia-se a 5 de julho em Ponta Delgada

 

Carolina Moreira   Cultura e Social   4 de Jul de 2019, 08:00

A nona edição do Walk&Talk - Festival de Artes decorre de 5 a 20 de julho em São Miguel, e reúne cerca de 80 artistas, curadores, arquitetos, designers, performers e músicos, convidados a apresentar os seus trabalhos, muitos dos quais projetos inéditos criados em residência.

O festival intervém em mais de vinte locais em redor da ilha e o seu espaço principal é um pavilhão temporário, projetado pelos estúdios de arquitetura Artworks & GA estudio para a Praça de São João, em Ponta Delgada, e inspirado, “na sua forma e função, pelo tradicional capote açoriano”, pode ler-se no comunicado.

O programa organiza-se em torno de cinco circuitos artísticos: Circuito Ilha, Circuito de Exposições, Circuito Performativo, Circuito Residências e Circuito Conhecimento.
Segundo a nota, no fim de semana que assinala a abertura do festival será possível acompanhar a inauguração do Circuito de Exposições e apresentações paralelas, assistir a concertos e performances no novo Pavilhão W&T e a muitas outras iniciativas dos vários circuitos do festival.


O Festival Walk&Talk realiza-se no mês de julho desde 2011, em São Miguel, e conta com um programa anual de residências que se mantém em funcionamento ao longo de todo o ano.


De caráter experimental e participativo, o Walk&Talk motiva a criação de projetos inéditos relacionados com o território e as especificidades socioculturais dos Açores.


O projeto pretende envolver artistas locais, nacionais e internacionais em torno das artes, intersetando arte, dança, performance, teatro, arquitetura, design, cinema e música.
Em 2016, o festival alargou a sua dinâmica à ilha Terceira e, ao longo de nove edições, já acolheu mais de duas centenas de artistas de múltiplas origens geográficas e disciplinares.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.