Droga

Venezuela e Portugal acertam estratégias para prevenção do tráfico de droga


 

Lusa/AOonline   Nacional   9 de Out de 2008, 10:53

Portugal e Venezuela estão esta semana a discutir propostas estratégicas para a cooperação e prevenção do tráfico de droga, no âmbito da primeira reunião da Comissão Mista formada pelos dois países, segundo a Polícia Judiciária (PJ).
Trata-se da primeira reunião da Comissão Mista formada por delegações da Venezuela e de Portugal.

    A delegação portuguesa engloba o Ministério da Saúde, através do Instituto da Droga e Toxicodependência (IDT), o Ministério da Justiça, através da PJ, Procuradoria-Geral da República (PGR) e Gabinete de Relações Internacional (GRI), bem como representantes do Ministério dos Negócios Estrangeiros.

    Fonte da PJ disse à Lusa, sem adiantar a data, que a única reunião entre as duas delegações já decorreu, sendo que a equipa venezuelana está em Portugal desde segunda-feira.

    Até ao fim da estada em Portugal, a comissão venezuelana vai visitar o Estabelecimento Prisional de Lisboa (EPL), o Observatório Europeu da Droga e da Toxicodependência e uma unidade de desabituação do IDT.

    Foi também já cumprida uma visita à Polícia Judiciária, adiantou a fonte.

    Esta Comissão multidisciplinar foi prevista no Acordo sobre Prevenção, Controlo, Fiscalização e Repressão do Consumo Indevido e Tráfico Ilícito de Estupefacientes e Substâncias Psicotrópicas Portugal-Venezuela.

    Sem revelar dados, fonte da PJ adiantou que a proveniência da cocaína em Portugal é a América do Sul.

    Na segunda-feira, o Ministério Público da Venezuela deteve oito funcionários de empresas de segurança do Aeroporto Internacional de Maiquetía (Caracas), que tentavam enviar para Portugal 16,529 quilos de cocaína de alta pureza, através de um voo da Transportadora Aérea Portuguesa (TAP).

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.