Açoriano Oriental
Treinador do Santa Clara considera “muito gratificante” regresso do público ao estádio

O treinador do Santa Clara considerou esta sexta-feira “muito gratificante” o regresso do público ao estádio no encontro frente ao Gil Vicente, o primeiro jogo da I Liga nesta época a ter assistência, após a paragem devido à covid-19.

Treinador do Santa Clara considera “muito gratificante” regresso do público ao estádio

Autor: Lusa/AO online

“É muito gratificante voltar a termos o calor humano exterior, sentir a vibração que vem do lado de fora e perante a nossa massa associativa sermos a primeira equipa, com o Gil Vicente, a ter esse privilégio”, declarou Daniel Ramos.

O treinador do Santa Clara falava hoje no estádio de São Miguel, em Ponta Delgada, na antevisão ao encontro da terceira jornada da I Liga, que vai ter uma assistência de 1.000 pessoas, sendo o primeiro jogo profissional da temporada a ter público no estádio.

Daniel Ramos realçou a importância de os adeptos açorianos corresponderem às “pretensões das forças de segurança, da Direção Regional da Saúde e da entidade organizadora”.

“Cumprindo com aquilo que é pedido, podendo também regressar ao que é um desejo de todos e darmos um exemplo bem positivo, para que isso possa a acontecer noutros estádios de futebol”, assinalou, referindo-se à presença de adeptos na bancada.

O técnico destacou que o próximo adversário é uma “equipa agressiva”, “determinada” e “competente a defender e a atacar”.

“É um jogo que nos merece muita seriedade, depois de duas vitórias conseguidas. Percebemos que vai ser um jogo difícil, por aquilo que o Gil demonstrou no jogo que fez”, assinalou.

Juntamente com FC Porto e Benfica, o Santa Clara iniciou o campeonato com duas vitórias consecutivas, diante do Marítimo (2-0) e Sporting de Braga (1-0).

Já o Gil Vicente não jogou na primeira jornada frente ao Sporting (devido à covid-19), tendo derrotado o Portimonense na segunda jornada por 1-0.

Considerando que o Gil Vicente tem uma “equipa bem preparada para o campeonato português”, Daniel Ramos destacou a “agilidade e a velocidade” da frente de ataque e a “solidez” da linha defensiva da equipa de Barcelos.

Para o treinador, o Santa Clara vai ter de demonstrar um “grande dinamismo” e explorar os vários momentos de ataque ao longo do jogo.

“Vai ser um jogo onde [teremos de explorar] o ataque organizado umas vezes, o contra-ataque outras, a bola parada também. Do ponto de vista ofensivo vamos ter de explorar estas três dimensões ao máximo e vamos ter um Gil muito acutilante do ponto vista ofensivo”, disse.

A permissão de público no estádio de São Miguel surge após a Liga ter sugerido à Direção Regional da Saúde dos Açores (DRS) que aplicasse aos encontros do Santa Clara as normas regionais, que permitem a presença de público em eventos desportivos.

Os adeptos vão estar separados cinco lugares, mesmo sendo coabitantes, no jogo Santa Clara - Gil Vicente, da terceira jornada da I Liga, que servirá como “teste-piloto” para o regresso de público aos estádios no campeonato português.

O jogo entre o Santa Clara, terceiro classificado com seis pontos, e o Gil Vicente, sexto com três, está marcado para sábado, às 15:00 locais (menos uma hora do que no continente), no estádio de São Miguel, em Ponta Delgada.


 
PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.