Falta de chuva

Torneiras com pouca água em algumas zonas da Ribeira Grande

Torneiras com pouca água em algumas zonas da Ribeira Grande

 

Lusa/AOonline   Regional   12 de Nov de 2008, 14:46

A falta de chuva na ilha de São Miguel está a obrigar a Câmara Municipal da Ribeira Grande a efectuar cortes nocturnos no abastecimento de água em algumas zonas do concelho, anunciou a autarquia.
Segundo o vereador Jaime Rita, a pouca pluviosidade registada está a diminuir a pressão de água nas zonas altas do concelho, o que implica cortes nocturnos para que os depósitos possam recuperar a sua capacidade.

    O responsável autárquico da divisão de águas e serviços urbanos explicou à agência Lusa que "o Verão prolongado" está "a afectar um pouco os caudais" no concelho, particularmente nas zonas altas, onde a falta de pressão de água é mais notada.

    "Devido à falta de chuva, as nascentes estão a debitar muita pouca água para os reservatórios, insuficiente para manter o abastecimento normal 24 horas por dia, daí que a água corra com menor pressão", precisou.

    É o caso das localidades de Lomba da Maia e de São Pedro, Lombinha da Maia, Lugar da Ribeira Funda e Burguete.

    A situação tem levado a autarquia a proceder a cortes de abastecimento entre as 22:00 locais e o início da manhã do dia seguinte.

    "A água que se está a gastar é, muitas vezes, superior àquela que as nascentes debitam", observou o vereador.

    Segundo Jaime Rita, a população daquelas zonas está devidamente avisada para a necessidade do fecho do abastecimento de água durante a noite, um procedimento que "terá que ser feito enquanto não chover o suficiente".

    Com o objectivo de contornar este problema, a autarquia tem contado com a colaboração dos bombeiros, que "têm injectado água nos depósitos", acrescentou.

    O vereador admitiu, contudo, que, a manter-se a situação de "falta de chuva", poderão ocorrer cortes de água com "mais frequência".

    Recentemente, a autarquia anunciou um investimento de oito milhões de euros, até 2009, em obras de abastecimento de água na zona poente do concelho, que vai permitir acabar com a falta de água sentida durante o Verão nas freguesias do Pico da Pedra, Calhetas e Rabo de Peixe.

    O PSD da Ribeira Grande já considerou que o recente anúncio da Câmara Municipal sobre os investimentos no abastecimento de água ao concelho "está longe de constituir a varinha mágica", alegando que os problemas persistem nesta área.

    "Este anúncio está longe de constituir a varinha mágica deste executivo camarário, quando, ainda por cima, as dificuldades no abastecimento de água voltaram a acentuar-se nos últimos dois anos na zona poente do concelho, devido à evidente expansão urbana que se verifica em Rabo de Peixe, Calhetas e Pico da Pedra", salientou a comissão política concelhia.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.