Surfista português Frederico Morais focado na Ericeira após vitória nos Açores

Surfista português Frederico Morais focado na Ericeira após vitória nos Açores

 

Lusa/AO Online   Outras modalidades   23 de Set de 2019, 15:43

O surfista Frederico Morais disse, esta segunda-feira, que a vitória de domingo no Azores Airlines Pro faz parte do passado e que o seu foco já está apontado ao EDP Billabong Pro Ericeira, prova do circuito mundial de qualificação.

"Ontem [domingo] foi um ótimo dia, mas já acabou. Agora é Ericeira e é só isso que está na minha cabeça", lançou o surfista português com melhor 'ranking' mundial, assegurando que está pronto para voltar a "arregaçar as mangas" em busca dos pontos necessários para regressar à elite mundial do surf.

Questionado sobre se espera repetir nas ondas de Ribeira d'Ilhas o feito alcançado nos Açores, cuja vitória lhe valeu 6.000 pontos e a ascensão ao 10.º lugar do 'ranking' de qualificação (QS), Kikas admitiu que tem a ambição de vencer o campeonato com maior pontuação do circuito de qualificação que se disputa em Portugal (10.000 pontos), mas destacou as dificuldades que o esperam devido ao elevado nível dos participantes.

"O 'forecast' [previsão] é ótimo e isso é o mais importante. O meu objetivo é ganhar, ninguém entra na água para perder, mas o principal é fazer um bom surf e ter um bocadinho de sorte", destacou o surfista do Guincho, durante a conferência de imprensa de apresentação da prova, que decorreu na nova loja 58 Surf, na Ericeira.

Além de Frederico Morais, a prova da Ericeira vai contar também com três outros portugueses, Vasco Ribeiro (ex-campeão mundial de júniores) e os 'locais' Tomás Fernandes e Henrique Pyrrait.

O EDP Billabong Pro Ericeira vai decorrer entre 24 e 29 de setembro na Praia de Ribeira d'Ilhas, na Ericeira, em Mafra, e é a única reserva mundial de surf da Europa e uma das poucas do mundo.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.