Liga dos Campeões

Sporting obrigado a vencer a Roma ou ficará a caminho da Taça UEFA

Sporting obrigado a vencer a Roma ou ficará a caminho da Taça UEFA

 

Lusa/AO   Futebol   5 de Nov de 2007, 13:49

O Sporting joga amanhã em Alvalade frente à Roma a sua "final" no Grupo F da Liga dos Campeões.

O Sporting joga amanhã em Alvalade frente à Roma a sua "final" no Grupo F da Liga dos Campeões de futebol, obrigado a vencer os transalpinos para se manter na corrida pelo apuramento para os oitavos-de-final.    

Depois da derrota 2-1 em Itália, onde nunca venceu (três empates e nove desaires), o conjunto de Paulo Bento soma apenas três pontos, metade dos da Roma, o seu grande rival na qualificação.   

A segunda vaga nos oitavos será para uma destas equipas, uma vez que o Manchester United (nove pontos) deve garantir já a qualificação, pois que o Dínamo Kiev é uma das três equipas que ainda não pontuaram na prova.    Face à actual situação, o leão não tem, por isso, margem de manobra e tem de ganhar, uma vez que nas jornadas restantes ainda visita o Manchester United de Cristiano Ronaldo e Nani e na derradeira ronda recebe o Dínamo Kiev.

Depois de actuar em Portugal, a Roma vai à Ucrânia e depois recebe os "red devils".   

Caso falhe o objectivo, resta ao jovem conjunto de Paulo Bento a consolação de estar em clara vantagem no acesso à Taça UEFA. Ultrapassado um período instável de resultados (perdeu por 2-1 com o Fátima no Restelo e em Itália frente à Roma e depois empatou a zero no Nacional), o Sporting voltou às vitórias a na Taça da Liga (3-2 em Fátima) e no campeonato (4-1 à Naval).   

Mesmo sem deslumbrar, com exibições ainda inconsistentes, o conjunto verde e branco cumpriu os objectivos desportivos e conquistou o tónico adicional de ver reduzida para sete pontos a desvantagem sobre o líder FC Porto, mantendo-se a um do Benfica.    

Certamente a pensar no desafio de amanhã em Portugal, a Roma cedeu um inesperado empate 2-2 no modesto Empoli (antepenúltimo), não tendo conseguido aguentar a confortável vantagem que detinha ao intervalo, com golos de Giuly e Brighi.   

A equipa do português Antunes, detentora da Taça de Itália e da Supertaça transalpina, perdeu assim a oportunidade de ficar a um ponto do líder Inter (empatou na Juventus), sendo inclusivamente ultrapassada na classificação pela Fiorentina, que lhe roubou o segundo lugar.    

A formação comandada por Luciano Spalleti gira em torno do "capitão" e "Bota de Ouro" Francesco Totti, mas conta com outras estrelas como os centrais Juan e Philippe Mexès, os médios Simone Perrotta e Daniele Di Rossi e os extremos Giuly e Mancini.

Entretanto e ontem, o guarda-redes Stojkovic, com um traumatismo na anca direita, foi o grande ausente do treino, o primeiro com vista ao jogo com a AS Roma, da Liga dos Campeões de futebol.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.