Açoriano Oriental
SINTAP/Açores espera que Governo da República aumente verbas para instituições sociais

O Sindicato dos Trabalhadores da Administração Pública (SINTAP) dos Açores disse esperar que o novo Governo da República aumente verbas para as instituições sociais da região e que o executivo regional prossiga com o trabalho da anterior legislatura.


Autor: Lusa/AO Online

“Espero que a secretária [de Estado] da Segurança Social tenha uma boa negociação e que possa trazer mais verbas para a região”, disse hoje o coordenador da secção do SINTAP em Ponta Delgada, São Miguel, e dirigente nacional, Orlando Esteves.

Segundo o responsável, se tal acontecer, beneficiam as instituições sociais do arquipélago e os trabalhadores.

“Se o ‘bolo’ [do Governo da República] para a região for melhor e maior, todos vamos beneficiar”, disse Orlando Esteves à agência Lusa, no final de uma reunião do SINTAP com os delegados sindicais das Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS) e Misericórdias dos Açores.

Em relação à região, o sindicalista deseja que o executivo da coligação PSD/CDS-PP/PPM, liderado por José Manuel Bolieiro, dê continuidade às medidas da anterior legislatura.

“É seguir o trabalho que vinha a ser feito com o anterior Governo, que agora passa a ser o novo Governo. Penso que [há] uma continuidade nesta fase negocial para com as IPSS e com as Misericórdias”, declarou.

No encontro do SINTAP, que decorreu no auditório dos Bombeiros Voluntários de Ponta Delgada, foi feito o ponto de situação do processo negocial para 2024 com a União Regional das Instituições Particulares de Solidariedade Social (URIPSSA) e a União Regional das Misericórdias dos Açores (URMA).

“Tem havido um bom diálogo com a parte patronal. Só ainda não fechámos [o acordo] com a URIPSSA porque estamos dependentes de uma reunião que [a direção] vai ter com a nova secretária [Regional] que vai titular a pasta da Segurança Social, a dra. Mónica Seidi. Estamos a aguardar esta reunião para podermos assinar o acordo para 2024”, adiantou.

Segundo Orlando Esteves, o sindicato “está satisfeito com o processo negocial que vem decorrendo desde 2022”.

“Todos os anos temos fechado o acordo. Não é bem as expectativas, mas aproxima-se das nossas expectativas. E este ano volta a ser a mesma coisa. Vai haver um aumento, provavelmente até um aumento fixo, para todos os trabalhadores das IPSS e das Misericórdias, tal como já aconteceu com a Administração Pública a nível nacional”, explicou.

O coordenador da secção do SINTAP em Ponta Delgada referiu ainda que “muito em breve” decorrerá “a assinatura das negociações para 2024” com a URIPSSA e que, na quinta feira, na cidade da Horta, na ilha do Faial, serão iniciadas negociações com a URMA, para a área das Misericórdias.

Na terça-feira, também em Ponta Delgada, o SINTAP/Açores realizará uma reunião com os delegados sindicais da administração pública, a partir das 09h00, que deverá contar com a presença do secretário-geral, José Abraão.


PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados