Programa nuclear iraniano

Seis grandes potências e UE não propoêm sanções antes de Novembro


 

Lusa / AO online   Internacional   28 de Set de 2007, 17:27

As seis grandes potências envolvidas nas discussões sobre o nuclear iraniano e a União Europeia vão aguardar novas informações sobre o programa de Teerão em Novembro antes de propor sanções reforçadas na ONU, segundo um comunicado comum.
"Estamos de acordo para finalizar um texto para uma terceira resolução de sanções no Conselho de Segurança", indicaram os ministros dos Negócios Estrangeiros do Reino Unido, França, Estados Unidos, Rússia, China e Alemanha, assim como a UE, no comunicado.

As novas sanções visam forçar o Irão a abandonar o seu programa de enriquecimento de urânio, que numerosos países temem possa ser utilizado para fabricar uma arma nuclear.

O comunicado precisa que os signatários pretendem "levar (o futuro texto sobre as sanções) à votação do Conselho de Segurança, a não ser que os relatórios" do Alto Representante para a Política Externa da UE, Javier Solana, e do director da agência da ONU de energia atómica (AIEA), Mohamed ElBaradei, "mostrem que os seus esforços tiveram sucesso".

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.