PDA quer incentivos para empresas que contratem pessoas com mais de 40

PDA quer incentivos para empresas que contratem pessoas com mais de 40

 

Lusa/AO online   Regional   9 de Out de 2012, 18:13

O presidente do Partido Democrático do Atlântico (PDA), Rui Matos, defendeu, numa ação de campanha para as eleições regionais nos Açores, a necessidade de "mais medidas de apoio" para desempregados com mais de 40 anos.

"As políticas que têm sido feitas só têm apoiado os jovens até aos 30 anos, o PDA defende medidas que apoiem os desempregados com mais de 40 anos, para não haver discriminação", afirmou Rui Matos, que falava aos jornalistas junto ao centro de emprego de Ponta Delgada, em S. Miguel.

Para o líder do PDA, é necessário "criar medidas de incentivo para as empresas contratarem pessoas de meia idade", propondo a redução de "50 por cento da Taxa Social Única para as empresas que contratarem desempregados com mais de 40 anos, que dificilmente conseguem um novo emprego".

Rui Matos salientou que esta iniciativa de campanha, realizada no dia em que foi divulgada a possibilidade de mais de 40 mil contratados da função pública não terem os seus contratos renovados, pretendeu ser uma forma de contestação às medidas de austeridade impostas pelo Governo da República.

"Essas políticas vão chegar aos Açores e nós não podemos admitir essas políticas de austeridade, devemo-nos unir na Assembleia Legislativa Regional contra essas medidas da República", defendeu.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.