Coreia do Norte

Pyongyang vai proteger a sua fronteira marítima por "meios militares"


 

Lusa / AO online   Internacional   13 de Nov de 2009, 10:47

 A Coreia do Norte vai recorrer a “meios militares” para proteger a sua fronteira marítima no mar Amarelo, onde aconteceu esta semana um incidente naval com a Coreia do Sul, indicou esta sexta-feira a agência oficial do regime norte-coreano KCNA.
“Recordamo-vos outra vez que existe apenas uma fronteira marítima no mar Amarelo, assim recorreremos a todos os meios militares para a proteger”, indicou a KCNA, revelando um correio electrónico enviado por um responsável militar norte-coreano ao seu homólogo do Sul.

Um confronto naval opôs terça-feira as duas Coreias no mar Amarelo, naquele que foi o primeiro embate do tipo dos últimos sete anos, pouco antes de uma visita a Seul do presidente norte-americano Barack Obama.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.