Açoriano Oriental
PSD quer eleições nos Açores no dia 25 de outubro, data até agora consensual

O PSD defendeu que as eleições para a Assembleia Legislativa Regional dos Açores se devem realizar no último dia legalmente possível, 25 de outubro, data preferida por todos os partidos que se pronunciaram até agora.

PSD quer eleições nos Açores no dia 25 de outubro, data até agora consensual

Autor: Lusa/AO Online

Esta posição foi transmitida pelo deputado social-democrata António Ventura, no Palácio de Belém, em Lisboa, onde o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, está a ouvir hoje os partidos representados no parlamento açoriano sobre a data das eleições próximas regionais, faltando apenas receber o PS.

"Dentro da baliza eleitoral, nós apontamos o dia 25 de outubro como o dia das eleições", declarou António Ventura aos jornalistas.

Segundo o deputado do PSD eleito pelo círculo dos Açores, essa é "a data apropriada", porque permite mais tempo para o contacto com a população açoriana, dispersa por nove ilhas.

"Houve dois meses e meio de confinamento e, obviamente, qualquer ato eleitoral necessita de divulgação eleitoral, de contacto direto. Essa transmissão para nove ilhas não pode ser feita rapidamente", argumentou.

Nos termos da Constituição, compete ao Presidente da República marcar o dia das eleições para as assembleias legislativas regionais dos Açores e da Madeira.

Antes do PSD, foram ouvidos hoje no Palácio de Belém o PPM, o PCP, o BE e o CDS-PP que defenderam igualmente que as eleições se devem realizar no dia 25 de outubro.

A Lei Eleitoral da Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores estabelece que o Presidente da República marca as eleições regionais "com a antecedência mínima de 60 dias" e que estas se realizam, "normalmente, entre o dia 28 de setembro e o dia 28 de outubro do ano correspondente ao termo da legislatura" e que a data deve "recair em domingo ou feriado nacional".

O atual Governo dos Açores tomou posse na sequência das eleições regionais de 16 de outubro de 2016, que o PS venceu, com maioria absoluta - a quinta consecutiva para os socialistas e a segunda sob liderança de Vasco Cordeiro.


 
PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.