Portugal quer atingir 50 milhões de dormidas anuais até 2015


 

Lusa / AO online   Economia   27 de Nov de 2009, 18:02

O presidente do Turismo de Portugal, Luís Patrão, disse querer atingir 50 milhões de dormidas por ano em Portugal até 2015, sendo que actualmente o número de dormidas no País ronda os 27 milhões anuais.
Segundo aquele responsável, existem nos países circundantes a Portugal 400 milhões de potenciais visitantes, mas é preciso apostar também em destinos mais longínquos como a China, Rússia, Estados Unidos, Índia ou Brasil.

Luís Patrão falava aos jornalistas à margem do segundo dia do XXXV Congresso Nacional da Associação Portuguesa de Agências de Viagens (APAVT), que decorre em Vilamoura até domingo.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.