Juros/Dívida

Portugal deve seguir uma política de "contenção e disciplina" salarial

Portugal deve seguir uma política de "contenção e disciplina" salarial

 

Lusa/AO online   Economia   19 de Nov de 2010, 11:29

O ministro das Finanças, Teixeira dos Santos, afirmou esta sexta-feira que toda a actividade económica portuguesa deve seguir uma política de “contenção e disciplina” salarial para que a competitividade do país não seja prejudicada.
“Devemos seguir uma política de contenção e disciplina salarial, de forma a não prejudicar a competitividade do país”, afirmou Teixeira dos Santos, durante a cerimónia de assinatura de dois contratos de financiamento com o Banco Europeu de Investimento (BEI).

O ministro defendeu que a evolução salarial deve acompanhar a evolução da produtividade, “garantindo assim que os custos salariais não prejudicam a competitividade” dos sectores de actividade.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.