Furacão Lorenzo

Portos dos Açores diz que nova unidade nas Flores custará "várias dezenas" de milhões

Portos dos Açores diz que nova unidade nas Flores custará "várias dezenas" de milhões

 

Lusa/AO Online   Regional   3 de Out de 2019, 12:09

A Portos dos Açores afirmou esta quinta-feira que em todas as ilhas do arquipélago houve danos com a passagem do furacão "Lorenzo", mas o caso "urgentíssimo" é o das Flores, onde um novo porto custará "várias dezenas de milhões de euros".

Este caso, definiu o presidente da empresa, Miguel Costa, à agência Lusa, é "a prioridade das prioridades", sendo que antes de se construir um novo porto "é preciso tirar o que ainda sobrou e fazer de novo", numa operação que custará "o dobro ou o triplo" do que a mera construção de um novo porto.

Miguel Costa disse que neste momento "já há um levantamento inicial" dos danos causados pelo "Lorenzo", sendo que esse levantamento "ainda está a ser aprimorado" e será remetido à tutela.

De todo o modo, vincou o presidente da Portos dos Açores, há "intervenções sinalizadas" em todas as ilhas, inclusive no grupo Oriental - São Miguel e Santa Maria -, que foi menos fustigado pela passagem do furacão do que as demais ilhas do arquipélago.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.