Paulo Portas exige "coragem" ao ministro da Economia


 

Lusa / AO Online   Regional   18 de Set de 2008, 15:08

O líder do CDS/PP, Paulo Portas, exigiu hoje uma atitude de “coragem” do ministro da Economia, no sentido de fazer baixar o preço dos combustíveis no país.
    Paulo Portas, que visitou o Mercado Municipal da Horta, no âmbito de uma deslocação de pré-campanha eleitoral de quatro dias aos Açores, salientou que o Governo da República não pode “ter medo das grandes companhias” petrolíferas.

    No seu entender, “ninguém compreende em Portugal” que quando o petróleo sobe, os combustíveis subam, mas quando o petróleo desce, os combustíveis não acompanhem a descida.

    “Se em Portugal a concorrência funcionar, este tipo de comportamentos é sancionado”, disse o líder do CDS/PP, para quem, para isso, “é preciso ter coragem e não ter medo das grandes companhias”.

    “É preciso ser um Governo justo e isento que perceba o efeito que tem no custo de vida das pessoas e nas pequenas e médias empresas o aumento dos combustíveis”, sublinhou o líder do CDS/PP, que pretende que o ministro da Economia abandone as “intenções pias” e explique no Parlamento “o que é que se passa com a concorrência em Portugal”.

    Num dia de pré-campanha dedicado à ilha do Faial, Paulo Portas apelou os açorianos para que votem no CDS/PP nas eleições legislativas de 19 de Outubro, para que o seu partido possa eleger um grupo parlamentar no Parlamento açoriano.

    O dirigente recordou que, há quatro anos, “por um voto no Corvo, por dois votos nas Flores, por cerca de 50 em São Jorge e por menos de 100 em São Miguel, o CDS/PP ficou com menos quatro deputados do que devia”.

    “Eu quero chamar a atenção para que, desta vez, todos os votos vão contar, porque a lei mudou, portanto, não há nenhum voto desperdiçado”, recordou Paulo Portas, referindo-se à nova lei eleitoral, que criou um novo circulo regional, designado por Compensação, através do qual serão eleitos mais cinco deputados.

    O líder nacional do CDS/PP voltou a lembrar que, com apenas um deputado na Assembleia Legislativa dos Açores, o seu partido conseguiu fazer aprovar importantes medidas para os açorianos, entre as quais, a redução nas tarifas áreas inter-ilhas, um reforço nos apoios aos doentes deslocados e o cheque-medicamento para os idosos.

    Paulo Portas está hoje no Faial, segue sexta-feira para a ilha do Pico e, durante o fim-de-semana, visita também as Flores e o Corvo.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.