Petróleo

OPEC mantém metas de produção nos 25 milhões de barris por dia


 

Lusa/AO online   Economia   14 de Out de 2010, 18:48

Os ministros do petróleo dos países da OPEC mantiveram esta quinta-feira inalteradas as metas de produção de crude, uma medida destinada a devolver a confiança a nações dependentes do petróleo e que agora começam a emergir de uma recessão.
O 'output' global acordado entre as 11 nações da OPEC sujeitos a quotas é ligeiramente inferior a 25 milhões de barris de crude por dia, tal como ficou decidido numa reunião em Março. No entanto, as nações da OPEC estão a produzir a mais, colocando no mercado cerca de 27 milhões de barris por dia.

O Iraque não está sujeito a quotas na medida em que está a reconstruir a sua economia e infra-estruturas após a guerra. Incluindo a produção do Iraque, a produção total diária ultrapassa os 29 milhões de barris.

A decisão da OPEC de manter inalteradas as metas originais de Março (25 milhões de barris/dia), anunciada hoje em comunicado, era já esperada.

Pouco antes da entrada dos ministros para a reunião à porta fechada, o ministro saudita do petróleo, Ali Naimi, disse aos repórteres que o seu país - o que tem mais força no seio da OPEC - "está feliz com o mercado como ele está".

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.