Nove escolas dos Açores distinguidas com selo 'Escola Amiga da Criança'

Nove escolas dos Açores distinguidas com selo 'Escola Amiga da Criança'

 

Susete Rodrigues/AO Online   Regional   7 de Mar de 2019, 12:49

Foram nove, as escolas dos Açores que viram os seus projetos distinguidos com o selo 'Escola Amiga da Criança', na primeira edição desta iniciativa da Confederação Nacional das Associações de Pais (CONFAP), da LeYa e do psicólogo Eduardo Sá.



Esta iniciativa visa, segundo nota de imprensa, distinguir “escolas que concebem e concretizem ideias para um desenvolvimento mais feliz da criança no ambiente escolar”.


As escolas dos Açores distinguidas foram:

EB 12/JI da Ponta da Ilha (Pico), na categoria envolvimento da família e comunidade educativa, com o projeto 'Feira de Natal'.


EB António José de Ávila (Faial), categoria alimentação, higiene e ambiente, com o proejto 'Comemoração do Dia Mundial da Ciência'.


EB/S de São Roque do Pico (Pico), também na categoria de alimentação, higiene e ambiente, com o projeto 'Pasteleiros Criativos'.


EBS da Calheta (São Jorge), categoria projetos extracurriculares, projeto 'Clube de Expressão Corporal e Teatral'.


EBS Calheta (São Jorge), igualmente na categoria projetos extracurriculares, projeto 'Percursos Pedestres com História'.


EB do Nordeste (São Miguel), categoria alimentação, higiene e ambiente, projeto 'Projeto Ler Verde'.


Colégio do Castanheiro (São Miguel), também na categoria alimentação, higiene e ambiente, projeto 'Parque Ambiental'.


EB 1/JI de Aldeia Nova (Terceira), categoria espaços de recreio e convívio, projeto 'Horta biológica'.


EBI dos Biscoitos (Terceira), categoria envolvimento da família e comunidade educativa, projeto 'Dia dos Moinhos'; bem como na categoria formação cívica, com o projeto 'Dia do PROFIJ – X Edições'.


Até ao próximo dia 5 de abril, direções, professores, pais e alunos de escolas podem candidatar-se à segunda edição desta iniciativa que reconhece, partilha e estimula projetos educativos nas seguintes categorias: alimentação, saúde e ambiente; cidadania, e/ou inclusão; digital; envolvimento família/comunidade; espaços escolares; segurança; e atividades extracurriculares e/ou interdisciplinares.


As candidaturas podem ser submetidas através do site https://www.leyaeducacao.com/escolaamigadacrianca/ que posteriormente serão analisadas por um júri.


Refira-se que o vencedor do projeto ganha cinco mil euros em livros LeYa e o projeto distinguido em cada categoria ganha 500 euros também em livros LeYa para as bibliotecas das escolas e ainda a distinção/selo para todas as escolas cujos projetos se distingam.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.