Liga Europa

Nacional perde em Bilbau e cai para a última posição

Nacional perde em Bilbau e cai para a última posição

 

Lusa / AO online   Futebol   22 de Out de 2009, 19:30

O Nacional da Madeira foi esta quinta-feira derrotado no terreno do Athletic Bilbau, por 2-1, em encontro da terceira jornadea Liga Europa de futebol, e caiu para o último lugar do Grupo L.
O Nacional da Madeira ficou hoje mais longe dos 16avos de final da Liga Europa de futebol ao perder por 2-1 no campo do Athletic Bilbau, e caiu para o último lugar do Grupo L, após a terceira jornada.

No Estádio San Mames, os madeirenses ainda sonharam com o triunfo, quando Ruben Micael marcou, aos 42 minutos, mas a formação do País Basco protagonizou a reviravolta na segunda parte, através do veterano Etxeberria, aos 67, e Llorente, aos 86.

O resultado deixa o Nacional da Madeira em "maus lençóis" no Grupo L: é último classificado, com apenas um ponto, e está a cinco do segundo lugar, que dá acesso à próxima fase, ocupado pelo Athletic Bilbau.

Na liderança está o Werder Bremen, com sete pontos, que hoje foi empatar (2-2) no campo do Áustria Viena, terceiro classificado, com dois.

Perante o seu público, o Athletic Bilbau, actual décimo classificado da liga espanhol, tomou o controlo da partida logo nos primeiros minutos, com várias jogadas de ataque pelos flancos, que depararam quase sempre nos centrais madeirenses ou no guarda-redes Bracali.

Com Pecnik e Ruben Micael, no apoio a Edgar na frente, o Nacional apostava principalmente no contra-ataque mas sem grande sucesso na primeira meia-hora de jogo (o melhor que conseguiu foi um cabeceamento de Felipe Lopes, aos 28 minutos).

Contra a corrente de jogo, os madeirenses adiantaram-se no marcador, através da técnica de Ruben Micael, que passou por dois espanhóis e somou o seu segundo golo da competição, após um bom passe do esloveno Pecnik.

No regresso do intervalo, o Nacional da Madeira aguentou as primeiras investidas do Athletic, com boas defesas de Bracali, aos 48 e 55, e esteve perto de voltar a marcar, por Edgar, mas Etxeberria alcançou mesmo a igualdade, numa recarga, após boa defesa do guarda-redes brasileiro.

Com o passar do tempo, a pressão basca foi aumentando e o tão desejado golo pelo público da casa chegou já perto do fim, por Llorente, o marcador de serviço do Athletic Bilbau, que se antecipou à defesa madeirense e bateu Bracali.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.