Morreu trabalhador soterrado em derrocada no Funchal

Morreu trabalhador soterrado em derrocada no Funchal

 

Lusa/AO Online   Nacional   23 de Out de 2019, 17:27

O trabalhador atingido esta quarta-feira por uma derrocada numa pedreira, no Funchal, morreu no interior da escavadora onde se encontrava, confirmou o delegado de Saúde do Serviço de Saúde da Madeira.

O incidente ocorreu cerca das 14 horas (menos uma nos Açores) e o corpo do trabalhador, de 41 anos, foi removido do local numa viatura funerária cerca das 17h45, após a intervenção das equipas de socorro dos Bombeiros Sapadores do Funchal, Bombeiros Voluntários Madeirenses e Serviço Regional de Proteção Civil.

A derrocada ocorreu numa pedreira situada numa encosta sobranceira à Estrada da Fundoa, nos arredores da capital madeirense, e atingiu a escavadora que o trabalhador estava a operar, soterrando-o no interior da cabine.

Enquanto decorriam as operações de remoção das pedras, vários familiares do trabalhador, que era casado e pai de dois filhos, chegaram ao local e o Serviço Regional de Proteção Civil acionou uma equipa para lhes prestar apoio psicológico.

A vítima mortal era natural do Jardim da Serra, freguesia do concelho de Câmara de Lobos, a oeste do Funchal, e desempenhava a função de maquinista há vários anos.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.