Grécia

Mais de 10 mil imigrantes clandestinos detidos até Setembro


 

Lusa/AOonline   Internacional   7 de Out de 2008, 12:28

As autoridades marítimas gregas detiveram um total de 10.659 imigrantes clandestinos que tentaram entrar ilegalmente no país entre Janeiro e Setembro deste ano, divulgou o Ministério da Marinha Mercante grego.
No mesmo período, a polícia marítima identificou 648 casos de transporte ilegal de imigrantes, deteve 173 traficantes e apreendeu 137 embarcações e 11 veículos, acrescenta um comunicado do Ministério.

    A maior incidência de casos ocorreu durante os meses de Julho, Agosto e Setembro, período em que mais de 5.500 clandestinos foram detidos, principalmente nas ilhas do mar Egeu, perto da costa da Turquia.

    Os valores dos primeiros nove meses do ano representam um aumento substancial face aos números totais de 2007.

    No ano passado, a guarda costeira grega deteve 9.240 imigrantes ilegais, duas vezes mais do que em 2006, e 196 traficantes.

    Ainda em 2007, foram identificados 652 casos de tráfego de imigrantes e foram apreendidas 161 embarcações.

    A Grécia é um dos países mais afectados pelas rotas de imigração ilegal, sendo confrontado diariamente com a chegada de várias centenas de clandestinos originários do continente asiático que têm como destino a Europa Ocidental.

    Como tal, o Governo grego tem reiterado os pedidos de ajuda aos parceiros europeus para reforçar a vigilância das suas fronteiras marítimas.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.