Açoriano Oriental
Lucro da Sporting SAD dispara mais de 30% para 21 ME entre julho e setembro

O resultado líquido da Sporting SAD cresceu 31,2% para 21,1 milhões de euros (ME) entre julho e setembro, que compara com o lucro de 16,1 milhões de euros em igual período de 2018, anunciaram os 'leões' este sábado.

article.title

Foto: Eduardo Resendes
Autor: AO Online/ Lusa

As vendas do extremo brasileiro Raphinha ao Rennes por 21 ME e de Thierry Correia ao Valência por 12 ME destacam-se nos resultados deste primeiro trimestre da época de 2019/20, tal como o acordo alcançado com o Olympiacos por causa de Daniel Podence, que permite um encaixe de sete ME ao Sporting.

De acordo com o documento enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), os resultados operacionais das transações com jogadores atingiram os 31,7 ME, mais 82% do que no período homólogo do ano passado, com as amortizações e perdas de imparidade do plantel a ascenderem a 5,5 ME e os gastos com transações de jogadores traduzidos em 8,9 ME, mas com os rendimentos com transações de jogadores a alcançarem os 46 ME.

O ativo total da Sporting SAD fixou-se em quase 315 milhões de euros, enquanto o passivo total ascendeu a 317,5 milhões de euros, com o total do capital próprio a ficar nos 2,5 milhões de euros negativos.



Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.