Tecnologia

Lisboa e Porto integram rede de cidades para estimular sustentabilidade


 

Lusa / AO online   Economia   24 de Nov de 2009, 15:33

Lisboa e Porto integram desde esta terça-feira uma rede de sete cidades mundiais sobre as quais investigadores desenvolvem metodologias inovadoras para estimular a sustentabilidade dos centros urbanos, com recomendações a nível energético e preocupações relacionadas com recursos naturais.
A rede de cidades sustentáveis foi hoje apresentada em Lisboa, durante uma conferência na câmara municipal, em que especialistas do Massachusetts Institute of Technology (MIT) recomendam a redução energética através de edifícios mais amigos do ambiente, alegando que no futuro "90 por cento da população estará concentrada nas cidades", afirmou a presidente daquele organismo, Susan Hockfield.

Os estudos desenvolvidos pelo MIT envolvem as cidades de Lisboa, Porto, Boston (EUA), Lima (Peru), Cidade do México, São Francisco (EUA) e Singapura, através de análises exaustivas ao "metabolismo urbano", com todas as variáveis associadas desde a malha de transportes, a produção e consumo energético passando pelos fluxos de materias de produção de uma cidade.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.