Líder do eurogrupo defende Portugal


 

Carmo Rodeia   Nacional   22 de Nov de 2010, 05:40

O líder do Eurogrupo, o primeiro ministro do Luxemburgo, Jean-Calude Juncker, afirmou hoje que os casos da Irlanda e de Portugal são diferentes porque a banca portuguesa “continua em relativa boa saúde”.

 

O líder do Eurogrupo, o primeiro ministro do Luxemburgo, Jean-Calude Juncker, afirmou hoje que os casos da Irlanda e de Portugal são diferentes porque a banca portuguesa “continua em relativa boa saúde”.

“O que vemos na Irlanda e em Portugal não tem uma relação direta porque em Portugal o setor bancário continua em relativa boa saúde”, afirmou Juncker numa entrevista à rádio pública alemã, citada pela agência Bloomberg.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.