Liberais polacos derrotam irmãos Kaczynski

 Liberais polacos derrotam irmãos Kaczynski

 

Lusa / AO online   Internacional   22 de Out de 2007, 11:43

Os liberais infligiram domingo uma esmagadora derrota aos gémeos conservadores Kaczynski nas legislativas polacas antecipadas, ficando à frente por 13 pontos segundo as sondagens à boca das urnas.
Se hoje se vierem a confirmar as projecções dos institutos TNS OBOP e PBS, os liberais da Plataforma Cívica (PO), de Donald Tusk, obterão de 44,2 a 43,7 por cento dos sufrágios, contra 30,4 a 31,3 por cento para os conservadores do partido Direito e Justiça (PiS), do primeiro-ministro Jaroslaw Kaczynski - irmão do Presidente da República.

    Em terceiro lugar está a Aliança do centro-esquerda (LiD), apadrinhada pelo ex-presidente Aleksander Kwasniewski, com 12,2 a 13,3 por cento.

    O partido dos camponeses PSL, aliado dos liberais no interior do país, regista 7,9 a 8,4 por cento.

    Os populistas do partido da Autodefesa (Samoobrona) e a extrema-direita ultra-católica da Liga das Famílias Polacas (LPR) - aliados dos Kaczynski na coligação governamental - não terão representação parlamentar por não terem alcançado a fasquia mínima dos cinco por cento.
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.