Lagoa apoia projeto solidário 'Sentir a Liberdade com o Futebol'

Lagoa apoia projeto solidário 'Sentir a Liberdade com o Futebol'

 

Susete Rodrigues/AO Online   Regional   15 de Jan de 2019, 10:27

A presidente da Câmara Municipal de Lagoa, Cristina Calisto, entregou, simbolicamente, um cheque de 1500 euros ao projeto solidário da Associação de Futebol de Ponta Delgada “Sentir a liberdade com o futebol”.



Para a edil lagoense este é um projeto pioneiro e digno de apoio, pelo seu cariz solidário de dotar o polidesportivo do Estabelecimento Prisional de Ponta Delgada de um relvado sintético para a prática qualitativa do futebol entre os reclusos, dado que o polidesportivo que dispõem não apresenta condições para esta prática desportiva, diz nota de imprensa.


Esta iniciativa para além de ser um incentivo à prática desportiva é simultaneamente uma forma de convívio, de desenvolvimento do equilíbrio físico e mental e da implementação de valores sociais entre os reclusos, incutindo-lhes, através do futebol, valores como o respeito, a lealdade e o espírito de equipa, fundamentais para a sua reintegração social.


Na ocasião, Cristina Calisto felicitou a Associação de Futebol de Ponta Delgada pela iniciativa deste projeto solidário e de cidadania que fará a diferença, “proporcionando momentos de liberdade para todos aqueles que, apesar de, no momento, não usufruírem da liberdade plena, não deixam de ser cidadãos”.


Para Ricardo Silva, coordenador do projeto solidário na AFPD, esta iniciativa “procura desenvolver valores no processo de reintegração social dos reclusos através da prática do futebol, promovendo valores como a humildade e espírito de equipa”.


Com um orçamento de 25 mil euros, a AFPD conta com a colaboração dos clubes associados, municípios e freguesias, IPSS, empresas, instituições bancárias e público em geral, tendo o município de Lagoa sido a primeira autarquia a responder afirmativamente e dando o exemplo que, segundo Ricardo Silva, “demonstra o empenho e sensibilidade para as causas sociais da Câmara de Lagoa, acreditando que as restantes autarquias terão, também, a mesma solidariedade e cooperação com o projeto”.






Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.