Instituto de Meteorologia já tem acesso aos dados do único radar existente no arquipélago

Instituto de Meteorologia já tem acesso aos dados do único radar existente no arquipélago

 

Lusa/AO Online   Regional   7 de Dez de 2011, 08:33

 A delegação regional do Instituto de Meteorologia (IM) já dispõe de acesso aos dados do único radar meteorológico existente no arquipélago, propriedade da Força Aérea dos EUA, revelou hoje Diamantino Henriques, delegado regional do IM.

“Já temos de novo acesso aos dados, foi há cerca de um mês ou dois que conseguimos novamente ter acesso aos dados”, afirmou, confirmando que foi retomado o protocolo de entendimento assinado entre os governos de Portugal e dos EUA, depois de mais de um ano em que o IM não teve acesso aos dados.

Para o delegado regional do IM nos Açores, a situação ideal seria ter três radares, um para cada grupo de ilhas dos Açores, já que o único disponível não cobre Santa Maria, Flores, Corvo e uma parte substancial de S. Miguel.

Os três radares necessários nos Açores fazem parte de um plano do Instituto de Meteorologia para a rede nacional de radares, criado há mais de 20 anos, e envolvem um investimento de cerca de seis milhões de euros.

“Eu julgo que as vantagens que tem este investimento são grandes porque está em causa a salvaguarda de vidas e bens”, frisou, acrescentando que “os radares podem permitir o lançamento de avisos com antecedência de 15 ou 30 minutos, que podem ser críticos no apoio às equipas de proteção civil”.

Para Diamantino Henriques, a existência de radares meteorológicos nos Açores é de grande importância, atendendo a que no Continente só existem dois radares em funcionamento e na Madeira não existe nenhum.

Apesar dos benefícios, Diamantino Henriques admitiu a dificuldade de concretizar o projeto de instalação dos três radares nos Açores, atendendo à atual situação de crise.

“Na atual conjuntura, não vejo que haja grande disponibilidade para este tipo de investimentos, pelo menos a curto prazo”, frisou.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.