Açoriano Oriental
Covid-19
Infarmed suspendeu comercialização de máscaras que tinham indicação CE indevida

O Infarmed suspendeu a comercialização de máscaras cirúrgicas do fabricante Interespuma - Indústrias de Poliuretanos, Lda por apresentarem de forma indevida a marcação CE, anunciou a Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde.

Infarmed suspendeu comercialização de máscaras que tinham indicação CE indevida

Autor: Lusa/AO Online

Numa nota divulgada no ‘site’, o Infarmed explica que as máscaras em causa (da marca Orthia, do fabricante Interespuma – Indústrias de Poliuretanos, Lda) ostentam a marcação CE indevidamente pois a documentação técnica está incompleta face ao estabelecido na lei.

“O Infarmed determinou a imediata suspensão da comercialização no mercado nacional dos referidos dispositivos”, informa a Autoridade Nacional do Medicamento, acrescentando, no entanto, que “poderão ser escoados e utilizados os produtos que já se encontrem no circuito de comercialização”.


 
PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.