Governo dos Açores anuncia novo programa de requalificação urbana na região

Governo dos Açores anuncia novo programa de requalificação urbana na região

 

Lusa/Ao online   Regional   17 de Nov de 2018, 07:15

O presidente do Governo Regional dos Açores, Vasco Cordeiro, anunciou esta sexta feira a criação do programa "Casa Renovada, Casa Habitada", que pretende dar um "impulso muito significativo" na requalificação urbana na região.

"Acreditamos que este programa vai dar um impulso muito significativo para a requalificação urbana e para responder à necessidade de habitações que nós temos neste momento na região”, afirmou Vasco Cordeiro.

Falando na Lagoa na cerimónia de atribuição de apoios à habitação degradada a mais de 60 famílias de concelhos de São Miguel, o governante sublinhou que o novo programa se dirige a quem tem uma casa devoluta.

Mesmo sem condições para recuperar a habitação em causa, os açorianos podem candidatar-se ao apoio "comprometendo-se, como contrapartida, a disponibilizá-la à região" para que a casa seja "arrendada a famílias que necessitem de habitação".

"Este programa tem uma componente de apoio à recuperação de habitação própria, mas tem uma segunda componente que tem a ver com aproveitamento de um enorme potencial que existe em todas as ilhas e que tem a ver com casas que estão degradadas e devolutas e que os seus proprietários, porventura, não têm as condições para poder reconstrui-las", vincou Vasco Cordeiro.

Antes, o presidente do executivo açoriano visitou o Centro de Engorda e Acabamento de Bovinos da Cooperativa União Agrícola, criado em 2008, que possui atualmente cerca de 1.000 animais, a maioria da raça de carne Angus.

"Só este centro fornece entre 20 a 25% da carne Angus comercializada por um dos principais grupos de distribuição nacional. No leite, produzimos cerca de 36% do leite nacional. No queijo, chegamos aos 50%", enalteceu Vasco Cordeiro.

Nesse sentido, acrescentou, compete ao executivo criar "alicerces cada vez mais sólidos para o desenvolvimento" da atividade agrícola e para a melhoria do "rendimento dos agricultores".

O Governo dos Açores fecha esta tarde em Ponta Delgada três dias de visita de trabalho pela ilha de São Miguel.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.