Açoriano Oriental
Covid-19
Governo da Madeira reforça postos para testes de despiste no continente

O Governo da Madeira anunciou esta sexta feira que os postos no continente onde as pessoas que pretendam viajar para a região podem fazer o teste à covid-19 vão aumentar de 33 para 44.

Governo da Madeira reforça postos para testes de despiste no continente

Autor: AO Online/ Lusa

“Atualmente são 33 os postos de colheitas de amostras para realização do teste PCR à covid-19, mas brevemente essa disponibilidade será aumentada para 44 por todo o país”, diz uma informação divulgada pelo gabinete do secretário da Saúde e Proteção Civil da Madeira.

A nota surge na sequência de uma reunião mantida hoje entre o secretário do executivo madeirense, Pedro Ramos, e os representantes dos “seis laboratórios com os quais o Governo Regional tem protocolo ativo para assegurar a realização de testes PCR no continente português a todos os passageiros que pretendem viajar para a Madeira”, refere.

No mesmo documento, pode ler-se que “todos os representantes dos laboratórios manifestaram intenção em manter esta parceria com o Governo Regional e, em alguns casos, irão reforçar o número de postos de colheitas pelo país”.

Sobre a lista dos protocolos celebrados entre a região e várias entidades no Continente português, o governante enunciou o Centro de Estudos de Doenças Crónicas (CEDOC) em Lisboa (desde o dia 01 de julho); - Laboratório de Análises Clínicas da Universidade de Coimbra (desde o dia 13 de julho); a Administração Regional de Saúde do Norte - ARS Norte - (desde 21 de julho); o Centro Hospital Universitário do Algarve e a Universidade do Algarve (desde o dia 06 de agosto).

Integra igualmente o LUMILABO, Laboratório de Análises Clínicas SA, em Lisboa, no Porto e Algarve (desde o dia 01 de agosto) e o Laboratório AVELAB - Laboratório Médico de Análises Clínicas (desde o dia 01 de setembro).

A lista de postos disponíveis para colheitas está disponível no site do Governo Regional, através do seguinte link: https://www.madeira.gov.pt/srs/GovernoRegional/OGoverno/Secretarias/Structure/SRS/ctl/Read/mid/6652/..., indica a secretaria da Saúde.

Fonte do gabinete do secretário regional disse à agência Lusa que estes laboratórios no território continental já efetuaram 40.800 testes.

Desde o início da celebração dos protocolos, em 01 de julho, “já foi possível identificar 155 casos positivos”, o que evitou que estas pessoas viajassem para a Madeira.

Este reforço do número de postos de colheita para teste de despiste acontece numa altura em que cerca de 4.000 estudantes que frequentam estabelecimentos de ensino fora da região devem regressar para passar as férias do Natal.

O Governo da Madeira determinou a obrigatoriedade da realização de dois testes de despiste, podendo um ser realizado 72 horas antes da viagem e o segundo seis dias depois, devendo, até à obtenção do resultado, o viajante ficar em confinamento.


 
PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.