Eleições Legislativas 2019

“GNR necessita de investimento nos Açores para instalar o SIVICC da costa marítima”

“GNR necessita de investimento nos Açores para instalar o SIVICC da costa marítima”

 

Susete Rodrigues/AO Online   Regional   25 de Set de 2019, 15:09

O candidato do Aliança Açores, Jorge Medeiros, às eleições legislativas de 6 de outubro, defende um maior investimento na GNR na região.

À saída de uma reunião com o comandante do Comando Territorial dos Açores da GNR, Coronel de Infantaria, Paulo Messias, o candidato sublinhou, citado em nota, que “é muito importante que esta força de segurança seja apoiada e dotada dos meios necessários para continuar a desempenhar a sua missão e assim garantir, com a qualidade que se espera, a segurança dos açorianos”.


De acordo com comunicado, Jorge Medeiros tem tido a oportunidade de constatar, junto de outras entidades que dependem do Governo da República, que a GNR também se debate com dificuldades e por isso “têm de merecer a atenção do Governo da República, através de ações concretas, consubstanciadas em investimento efetivo”.


“O sistema Integrado de Vigilância, Comando e Controlo (SIVICC) tem de ser uma realidade nos Açores e não pode ficar soterrado nas boas intenções e nos discursos de circunstância e promessas das visitas dos senhores ministros à Região”, afirma Jorge Medeiros, acrescentando a este propósito que “a instalação deste serviço é “importante para a nossa segurança, na medida em que os nossos mares são utilizados para passagem de tráfico de droga, a qual também nos pode atingir”.


A GNR sofre ainda de um problema que Jorge Medeiros classifica de “crónico e transversal aos restantes serviços que dependem da República nos Açores, ou seja a falta de recursos humanos”, dificuldade, que para o Partido Aliança só se resolverá “quando for considerada e efetivada a proposta da criação de contingentes de formação específicos da Região para resolver a falta de quadros destes serviços na região”.


O candidato alerta ainda para “a necessidade que a GNR tem na otimização de recursos humanos, na conjugação de esforços com a atividade do SEF, nos custos de insularidade, na potenciação da missão do controle do ambiente, entre outros”.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.