Taça da Liga

FC Porto lidera histórico com o Benfica por cinco vitórias

 FC Porto lidera histórico com o Benfica por cinco vitórias

 

Lusa/Ao online   Futebol   20 de Jan de 2019, 11:36

O FC Porto conta mais cinco vitórias do que o Benfica, no histórico dos 239 embates oficiais, em todas as competições, entre os dois conjuntos que ‘reinam’ há muito no futebol português.

Entre I Liga, Taça de Portugal, Taça da Liga, Supertaça e Campeonato de Portugal, os ‘dragões’ contam 92 triunfos, contra 87 das ‘águias’, que ganharam o primeiro duelo em 2018/19, a contar para a sétima ronda do campeonato.

Em 07 de outubro de 2018, no Estádio da Luz, em Lisboa, o avançado suíço Haris Seferovic marcou, aos 62 minutos, isolado por Pizzi, o golo que selou o triunfo do ‘onze’ então comandado por Rui Vitória, o seu primeiro de sempre face aos ‘dragões’.

Foi o 376.º tento do conjunto lisboeta, que, nesta matéria, ainda lidera, já que os portistas contabilizam apenas 343, o último também na Luz, pelo mexicano Herrera, a época passada, no 0-1 que embalou o ‘onze’ de Sérgio Conceição para o título.

O golo do internacional helvético acabou também com uma ‘seca’ de triunfos do Benfica sobre o FC Porto, que tinha ‘pontuado’ nos anteriores sete: dois triunfos (1-0 em casa e 2-1 fora em 2015/16, para a I Liga) e quatro igualdades.

No que respeita aos jogos na Taça da Liga, competição em que os dois conjuntos de vão encontrar na terça-feira, nas meias-finais, a vantagem é dos ‘encarnados’, que ganharam dois jogos e qualificaram-se no outro na ‘lotaria’.

O Benfica ganhou por 3-0 na final de 2009/10, no Algarve, com tentos de Ruben Amorim, Carlos Martins e Cardozo, e por 3-2 nas meias-finais de 2009/10, na Luz, após 1-2, com golos de Maxi Pereira, Nolito e do paraguaio.

Em 2013/14, novamente nas meias-finais, agora no Dragão, os ‘encarnados’ ficaram com 10 aos 31 minutos, por expulsão de Steven Vitória, mas, com Oblak na baliza, seguram o ‘nulo’ até aos 90 minutos e depois ganharam por 4-3 nos penáltis.

O Benfica manda também claramente nos jogos em campo neutro, com nove vitórias, contra apenas quatro do FC Porto, em 15 jogos, e 30 golos marcados, contra apenas 13.

Além da final da Taça da Liga de 2009/10, destaque para a grande supremacia dos ‘encarnados’ em finais da Taça de Portugal face aos portistas: em nove, o Benfica ganhou oito e só perdeu uma, por 0-1, na longínqua época 1957/58.

Nos outros embates, o conjunto da Luz venceu por 5-0 em 1952/52, 1-0 em 1958/59, 6-2 em 1963/64, 1-0 em 1979/80, 3-1 em 1980/81, 1-0 em 1982/83 (nas Antas), 3-1 em 1984 e 2-1, após prolongamento, em 2003/04.

O ‘clássico’ joga-se há mais de 87 anos, mais precisamente desde o 3-0 para o Benfica, no Campo do Arnado, em 28 de junho de 1931, e o ‘rei’ Eusébio da Silva Ferreira é o ‘rei’ dos marcadores, com 25 tentos.

No total de um duelo que já terminou igualado em 60 ocasiões, o clube da Luz já somou mais 17 triunfos (61-44) e 70 golos (275-205), mas, após 1983/84, a tendência inverteu-se, com mais 22 vitórias e 37 tentos portistas.

A vantagem global do FC Porto assenta nos jogos realizados em casa, onde triunfou em 66 das 112 receções ao Benfica (58,9% de vitórias), cedendo apenas 29 igualdades e 17 desaires, com 225 golos marcados e 116 sofridos.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.