Açoriano Oriental
Estados Unidos alertam para ressurgimento da rede terrorista Al Qaeda

Os Estados Unidos alertaram esta sexta feira para um possível regresso da rede terrorista Al Qaeda "à vanguarda do movimento 'jihadista' global" com o colapso do autoproclamado califado do grupo Estado Islâmico estabelecido no Iraque e Síria.

Estados Unidos alertam para ressurgimento da rede terrorista Al Qaeda

Autor: AO Online/ Lusa

No seu relatório anual sobre terrorismo internacional, referente a 2018, o Departamento de Estado norte-americano salienta que "a Al Qaeda e os seus afiliados regionais continuam resilientes e colocam uma ameaça duradoura" aos Estados Unidos e seus aliados.

"Por causa dos reveses do Estado Islâmico, a Al Qaeda tenta restabelecer-se como a vanguarda do movimento 'jihadista' global" e continua financiar-se, a planear e a efetuar ataques, indica-se no documento.

Em 2018, a rede aproveitou o "foco global no Estado Islâmico para reconstituir em silêncio as suas capacidades", especialmente "no Egito, Líbia, Síria e Iémen".

Quanto ao Estado Islâmico, o Departamento de Estado salienta que a operação militar dos EUA e aliados recuperou "quase todo o território" que controlava no Iaque e na Síria, correspondente a "11.000 quilómetros quadrados" onde vivem cerca de 7,7 milhões de pessoas.

Na apresentação do documento, o responsável pela estratégia antiterrorista do Departamento de Estado, Nathan A. Sales, alertou que organizações próximas do Estado Islâmico "em todo o Médio Oriente e África do Norte estiveram ativas em 2018", indicando locais como a Líbia, Marrocos, Arábia Saudita, a península do Sinai, Tunísia e Iémen.

Relativamente ao Afeganistão, no documento valoriza-se a tomada de "passos em direção a um processo político" para a reconciliação entre o Governo e os talibãs iniciada com o cessar-fogo em junho de 2018.


PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados