Acidente em Andorra

Equipas resgataram terceiro corpo em Andorra


 

Lusa / AO online   Nacional   10 de Nov de 2009, 14:29

As equipas de resgate recuperaram esta terça-feira cerca das 15:00 locais (14:00 de Lisboa) o corpo do terceiro português debaixo dos escombros do viaduto que sábado se desmoronou em Andorra, causando cinco mortos e seis feridos.
Segundo a agência de notícias de Andorra (ANA), as tarefas de recuperação dos corpos dos quatro portugueses que ficaram debaixo dos escombros no túnel Dos Valires estão próximos do fim, prevendo-se que o corpo que ainda falta seja retirado no prazo de uma hora.

Os trabalhos estão a decorrer lentamente porque os corpos estavam presos no cimento, sendo necessário picar o betão para conseguir retirá-los.

As baixas temperaturas na zona e a neve que começou a cair às primeiras horas da tarde estão também a dificultar as operações, que tinham conseguido retirar hoje de manhã os cadáveres de outros dois trabalhadores.

O acidente aconteceu cerca do meio-dia de sábado quando desabou, devido a causas ainda desconhecidas, uma parte da estrutura em construção de um túnel em Dos Valires.

A derrocada provocou a morte a cinco trabalhadores, um dos quais devido a hipotermia e politraumatismos pouco depois de ter dado entrada no hospital de Nossa Senhora de Meritxell, e ferimentos em outros seis, todos de nacionalidade portuguesa.

O corpo desse trabalhador foi trasladado para Portugal cerca das 05:00 locais de hoje. Natural de Lordelo, este homem de 27 anos trabalhava há três anos em Andorra.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.