Encontro com Obama marca visita de Cavaco aos EUA

Encontro com Obama marca  visita de Cavaco aos EUA

 

Lusa/AO Online   Internacional   9 de Nov de 2011, 06:24

A visita do Presidente da República aos Estados Unidos arranca hoje com os principais momentos da "componente política" da viagem, com Cavaco Silva a discursar no Conselho de Segurança das Nações Unidas e encontrar-se com Barack Obama na Casa Branca.

Poucos dias depois de Portugal ter assumido a presidência do Conselho de Segurança das Nações Unidas, o chefe de Estado português irá esta manhã presidir à sessão plenária aberta daquele órgão.

No debate aberto do Conselho de Segurança, que tem como tema a proteção de civis em situação de conflito armado, irá ainda intervir, além de Cavaco Silva, o secretário-geral das Nações Unidas, a alta comissária das Nações Unidas para os Direitos Humanos, o diretor do Direito Internacional da Cruz Vermelha e o ministro das Relações Exteriores do Brasil.

Após as intervenções, o chefe de Estado português terá ainda um encontro com o secretário-geral das Nações Unidas.

De Nova Iorque, Cavaco Silva seguirá para Washington, onde será recebido na sala oval da Casa Branca pelo Presidente Barack Obama.

Conforme adiantou aos jornalistas na terça-feira à noite, horas depois de ter aterrado em Nova Iorque, serão vários os assuntos em cima da mesa do encontro.

"No encontro com o Presidente Obama eu terei oportunidade de abordar vários assuntos, como a crise financeira na zona Euro, a execução do programa de assistência financeira a Portugal, as nossas relações bilaterais no plano económico, no plano tecnológico e da ciência, no plano da Defesa e com certeza abordaremos também os temas que estão neste momento sobre a mesa do Conselho de Segurança das Nações Unidas", revelou.

Depois de regressar a Nova Iorque ao final da tarde, Cavaco Silva irá ainda ter um jantar na residência oficial da representação permanente de Portugal junto das Nações Unidas.

Na visita que realiza entre hoje e terça-feira da próxima semana aos Estados Unidos, com passagem por Nova Iorque, Washington e pela Califórnia, Cavaco Silva tem como objetivo afirmar internacionalmente Portugal pela positiva e corrigir a "imagem um pouco distorcida" por vezes projetada.

"Esta minha visita tem várias componentes, mas em todas elas existe o mesmo fio condutor: afirmar internacionalmente Portugal pela positiva, como país credível, como país respeitado, como país que é capaz de ultrapassar as suas dificuldades e corrigir a imagem um pouco distorcida que às vezes se projeta do nosso país aqui nos Estados Unidos", afirmou o chefe de Estado em declarações aos jornalistas na terça-feira à noite.

Além da "componente política", a visita do Presidente da República terá ainda outras duas vertentes, uma económica e outra mais virada para a comunidade portuguesa residente nos Estados Unidos.

Ao todo, ao longo da próxima semana, o Presidente da República irá, segundo as suas próprias contas, participar em cerca de "uma dúzia e meia de eventos" em Nova Iorque, Washington e na Califórnia, "e sempre com o mesmo fio condutor: afirmar Portugal pela positiva no plano internacional".


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.