Empregado de jardim zoológico na China atacado por tigres siberianos


 

Lusa / AO online   Internacional   14 de Nov de 2009, 12:53

Um empregado do jardim zoológico de Shenyang, no nordeste da China, encontra-se em coma após ter sido atacado por dois tigres siberianos quando retirava neve das grelhas automáticas do recinto, informou hoje a agência de notícias Nova China.

O funcionário, Yang Jingwei, 51 anos, é mecânico de portas automáticas do parque glaciar Qipanshan, de Shenyang (capital da província de Liaoning), e foi atacado pelos felinos na sexta-feira à tarde.

Os seus colegas tentaram de imediato afugentar os tigres com uma espingarda de caça, mas não podiam aproximar-se de Yang por este estar perto dos dois animais, pelo que um polícia teve que intervir ferindo os dois exemplares com a sua arma após ter obtido autorização do departamento florestal local.

A vítima, que está em tratamento hospitalar, ficou ferida com gravidade na cabeça, peito, pescoço e sofreu várias fracturas.

O parque tem um sector para animais selvagens, como tigres siberianos, ursos, lobos, camelos e girafas, com espaços separados para cada uma dessas espécies.

As autoridades abriram uma investigação para esclarecer as causas do acidente.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.