Alemanha

Desemprego vai diminuir acima das expectativas em 2010


 

Lusa/AO Online   Economia   24 de Dez de 2009, 10:00

O director do Instituto "Ifo" de Munique, Hnas-Werner Sinn, afirmou hoje que acredita que em 2010 haverá 'muito menos' desempregados na Alemanha do que se esperava.

"No mercado de trabalho alemão está a ocorrer um pequeno milagre. Enquanto que na maioria dos países há um ambiente catastrófico, o mercado na Alemanha está a ultrapassar bem a crise", disse Sinn numa entrevista hoje publicada no diário "Bild".

Em vez dos 4,5 a 5 milhões de desempregados que se previam na Primavera passada, Hnas-Werner Sinn crê que o número não superará os 3,6 milhões em 2010.

"Isto significaria que na pior crise económica mundial, vivida desde a II Grande Guerra Mundial, teremos 1,3 milhões de desempregados menos do que em 2005, o último ano em que se registou a maior quebra no desemprego", disse o economista.

Este 'milagre' deve-se fundamentalmente às fortes ajudas do Governo alemão às empresas, as quais evitaram os despedimentos, salientou.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.