CT da RTP contra "externalização" de serviços de manutenção e funcionários

CT da RTP contra "externalização" de serviços de manutenção e funcionários

 

Lusa/AO Online   Nacional   19 de Nov de 2013, 07:20

A Comissão de Trabalhadores (CT) da RTP defendeu na segunda-feira que os serviços de manutenção dos emissores das rádios públicas se devem manter dentro da empresa, criticando uma alegada intenção de "externalização" de serviços e trabalhadores.

 

Citando uma notícia de segunda-feira do Diário Económico, que refere que o Conselho de Administração (CA) da estação pública de televisão e rádio está a “equacionar a externalização" dos serviços de manutenção dos emissores, a CT da RTP, em comunicado, acusa o jornal de tentar “transmitir a ideia de uma amputação menor e quase negligenciável” ao referir que em causa estão “cerca de uma dezena” de trabalhadores.

Para a CT, a questão está a ser referida como se tratasse apenas de “números, números, números”.

“Que dizer de uma política de desmantelamento do serviço público em tranches, que nada aprendeu com a ruinosa cedência dos emissores de televisão à PT [Portugal Telecom]? Que dizer da ligeireza que exibem neófitos administradores, com um ano de casa, para apontar o caminho da rua a esses trabalhadores que andam há décadas a lutar pela RTP?”, critica o organismo representativo dos trabalhadores da estação pública.

Para a CT da RTP, não faz sentido dar a gestão da manutenção dos serviços a empresas que passam a funcionar em regime de ’outsourcing’, e, no comunicado, questiona como será possível continuar a controlar a emissão do serviço público se se deixar de controlar a manutenção.

“Para tudo se inventam teorias. Nós não temos de inventar teoria nenhuma, temos de defender os onze colegas da manutenção de emissores da rádio. É a solidariedade que lhes devemos a eles. É a lucidez que devemos a nós próprios - porque muitos outros, especialmente nas áreas técnicas, estaremos na calha logo a seguir, caso o CA tenha êxito com este balão de ensaio”, conclui o documento da CT.

 


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.