Euro/Crise

Contágio da Irlanda a Portugal não tem bases racionais

Contágio da Irlanda a Portugal não tem bases racionais

 

Lusa/AO online   Economia   24 de Nov de 2010, 10:54

O presidente da União Europeia, Herman Van Rompuy, disse esta quarta-feira que a situação de Portugal é mais favorável do que a da Irlanda, afirmando que o contágio da situação irlandesa a Portugal não tem bases racionais.
Portugal "não sofre de uma bolha imobiliária, o sector financeiro não é muito grande em relação ao país e os bancos estão bem capitalizados", disse Herman Van Rompuy na sessão plenária do Parlamento Europeu, em Estrasburgo, procurando distinguir a situação portuguesa da irlandesa.

Portugal tem estado sob o foco dos mercados depois de, no fim-de-semana, a Irlanda ter formalizado o pedido de ajuda ao Fundo Monetário Internacional e à União Europeia mas, para Herman Van Rompuy, “se dizem que há um contágio, não é sobre uma base económica, e não é sobre uma base racional".

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.