Centros Ambientais dos Açores já receberam mais 25 mil visitantes este ano

Centros Ambientais dos Açores já receberam mais 25 mil visitantes este ano

 

Ana Carvalho Melo   Regional   19 de Dez de 2013, 14:23

O Secretário Regional dos Recursos Naturais revelou que as infraestruturas da Rede de Centros de Interpretação Ambiental dos Açores registaram, entre janeiro e setembro, mais 25.211 visitantes do que no mesmo período do ano passado, o que corresponde a um aumento de 40,55 por cento.

No total, nos primeiros nove meses deste ano, foram registados 87.388 visitantes, adiantou Luís Neto Viveiros, que falava durante uma visita ao Centro de Visitantes da Furna do Enxofre, na ilha Graciosa, localizado no Monumento Natural da Caldeira da Graciosa, Núcleo da Reserva da Biosfera e do Parque Natural da Graciosa.

“O aumento sustentado e significativo de visitantes da rede demonstra o sucesso desta aposta estratégia do Governo dos Açores”, frisou o Secretário Regional.

No mesmo período, a rede de centros sob gestão da Direção Regional do Ambiente e da Azorina registou um aumento global de receitas na ordem dos 36 por cento.

Luís Neto Viveiros reafirmou que a Secretaria Regional dos Recursos Naturais vai concluir, até 2015, a rede de centros que, além do importante papel de educação e sensibilização ambiental que desempenha junto das escolas dos Açores, se assume como elemento dinamizador da atividade económica e de animação turística da Região.

Em 2014, como já foi anunciado, abrem ao público os Centros de Interpretação da Pedreira do Campo, em Santa Maria, e da Serra de Santa Bárbara, na Terceira.

Também no próximo ano vão começar as obras do Centro de Interpretação da Cultura do Ananás, em São Miguel, e iniciar-se os procedimentos para as empreitadas da Casa dos Fósseis, em Santa Maria, e da Casa dos Vulcões, no Pico.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.