Casal MacCann recorda que filha desapareceu há seis meses e apela a novas informações

Casal MacCann recorda que filha desapareceu há seis meses e apela a novas informações

 

Lusa / AO online   Internacional   3 de Nov de 2007, 10:22

Os pais de Madeleine, a criança britânica desaparecida em 03 de Maio na Praia da Luz, recordaram hoje que se completam seis meses sobre o acontecimento e fizeram um novo apelo a informações que ajudem a encontrá-la.
    "Seis meses é muito tempo para uma criança pequena estar separada da sua família. Acreditamos que a nossa Madeleine está em qualquer lugar e mantemos a esperança de nos voltarmos a reunir", referiu num comunicado a mãe da criança, Kate McCann.

    "Quem tiver qualquer informação relacionada com o desaparecimento de Madeleine ou o lugar onde se encontra, por favor informem-nos", pediu a mãe.

    Kate McCann e o seu marido, Gerry McCann, também divulgaram uma nova fotografia da filha, tirada 12 dias antes de ter sido perdido o rasto da criança, que na imagem surge a sorrir enquanto brincava num parque infantil próximo da residência sua familiar em Rohtley, no condado de Leicestershire, Inglaterra.

    Os pais de Madeleine, católicos fervorosos, recordarão hoje a triste efeméride com uma missa que terá lugar na igreja de Santa Maria e S. João, de Rothley.

    Os McCann, ambos de 39 anos e médicos de profissão, regressaram a esta localidade há dois meses após terem sido formalmente declarados suspeitos pela polícia portuguesa, embora neguem qualquer implicação no desaparecimento da filha, cujo rosto se tornou famoso em todo o mundo.

    Os investigadores portugueses suspeitam que os McCann possam estar envolvidos na morte acidental da menina, depois de cães especialmente treinados pela polícia britânica terem detectado cheiro a cadáver no seu automóvel, no apartamento e em objectos pessoais.

    Mas os pais, de acordo com as suas próprias declarações e do seu porta-voz, consideram as acusações despropositadas e continuam a afirmar a convicção de que a criança foi sequestrada e que o polícia não deve desistir de a encontrar viva.

    Madeleine, quatro anos, desapareceu no passado dia 03 de Maio do quarto em que dormia com os seus dois irmãos gémeos de dois anos num apartamento de um complexo turístico do Algarve, o Ocean Club da Praia da Luz, enquanto os pais jantavam num restaurante próximo.
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.