Campeonato nacional regressa esta sexta-feira

Campeonato nacional regressa esta sexta-feira

 

Lusa / AO online   Futebol   25 de Out de 2007, 15:21

A liga portuguesa de futebol regressa sexta-feira depois de quase três semanas de interregno, que culminaram com nova campanha europeia dos clubes portugueses, embora falte ainda o Sporting de Braga defrontar esta quinta-feira o Bolton para a Taça UEFA.
Os grandes portugueses fizeram os três resultados possíveis na terceira jornada da Liga dos Campeões e o pior deles calhou ao Sporting, derrotado pela AS Roma na capital italiana (1-2), apenas três dias depois de ter sido surpreendido pelo "secundário" Fátima na primeira mão da quarta eliminatória da Taça da Liga.

Depois das duas derrotas consecutivas, o Sporting regressa ao campeonato interno no sábado, na viagem até ao Funchal, para visitar o Nacional, um clube que ainda só venceu uma vez, somando mais três derrotas e outros três empates.

Um dia depois do Sporting, chega a vez do Benfica retomar a campanha no campeonato interno. Quatro dias depois de se terem recolocado na corrida ao apuramento para os oitavos-de-final da Liga dos Campeões, graças ao primeiro triunfo no Grupo D (1-0 ao Celtic, na Luz), os "encarnados" jogam pela terceira vez consecutiva diante os seus adeptos, mas agora para receber uma das surpresas da liga, o Marítimo.

No primeiro jogo desta série de três, o Benfica sofreu bastante para empatar com o Vitória de Setúbal (outra das sensações da época) nos últimos segundos dos descontos (1-1). Agora defronta a equipa que partilha com o Sporting o segundo posto da tabela, ambos a sete pontos do totalista FC Porto e mais um que o perseguidor "encarnado".

Na segunda-feira, o FC Porto, que "folgou" no passado fim-de-semana (eliminado da Taça da Liga precisamente pelo Fátima) e empatou quarta-feira no terreno do Marselha (1-1), recebe no Dragão o Leixões, um adversário que "reina" nos empates (seis) e que só perdeu na sétima jornada.

A oitava jornada abre esta sexta-feira com um embate que junta uma equipa em "alta", o Vitória de Guimarães, e outra em grave crise de resultados, a União de Leiria, "isolada" no 16º e último lugar do campeonato.

Os vimaranenses só perderam na última ronda, na visita a Alvalade (3-0), acabando com uma surpreendente campanha invicta que durava há nove meses. Os leirienses vivem, por seu turno, dias conturbados que levaram mesmo o presidente do clube, João Bartolomeu, a ameaçar deixar de pagar os ordenados a alguns jogadores menos empenhados.

Tal como sucede com o FC Porto, também compete ao "europeu" Sporting de Braga encerrar segunda-feira a oitava jornada, mas para visitar na Figueira da Foz a Naval 1º de Maio, que na última jornada conseguiu ganhar pela primeira vez (1-0 na visita ao Leixões), já com o treinador Ulisses Morais no banco.

No sábado, o Vitória de Setúbal testa mais uma vez a invencibilidade da época, agora diante o mais irregular Paços de Ferreira, que assinala no Bonfim os 200 jogos de José Mota no comando técnico da equipa pacense.

Nos restantes encontros da ronda, o Belenenses recebe sábado a Académica, num "clássico à antiga", enquanto, no dia seguinte, Estrela da Amadora joga na Reboleira com um Boavista em período eleitoral, depois de João Loureiro ter abdicado da presidência, devendo ser sucedido por Joaquim Teixeira, o único sócio que se apresentou, até agora, como candidato.

   

    Programa da oitava jornada:

    - Sexta-feira:

    Vitória Guimarães - União Leiria, 19:30.

    - Sábado:

    Belenenses - Académica, 16:15 (SportTV 1).

    Vitória Setúbal - Paços Ferreira, 17:00 (SportTV 1).

    Nacional - Sporting, 18:45 (TVI).

    - Domingo:

    Estrela Amadora - Boavista, 15:00.

    Benfica - Marítimo, 18:45 (SportTV 1).

    - Segunda-feira:

    FC Porto - Leixões, 18:45 (SportTV 1).

    Naval - Sporting Braga, 18:30.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.