Bono, dos U2, eleito "Homem pela Paz 2008"

Bono, dos U2, eleito "Homem pela Paz 2008"

 

Lusa/AO Online   Internacional   12 de Dez de 2008, 15:16

Bono, vocalista dos U2 e activista pelos direitos humanos, foi eleito hoje em Paris "Homem pela Paz 2008" por personalidades laureadas com o Nobel da Paz.

 O músico irlandês foi distinguido pela luta contra a pobreza e a Sida, pelo empenho no pagamento da dívida dos países africanos mais pobres por parte dos Estados mais ricos e pela defesa dos direitos humanos.

    A entrega do galardão a Bono decorreu no final de um encontro de cinco individualidades distinguidas com o Nobel da Paz, entre os quais Lech Walesa, John Hume, Frederik de Klerk, que assinalaram ainda os 60 anos da Declaração dos Direitos Humanos.

    No discurso de agradecimento, Bono afirmou que este prémio "é um reconhecimento muito importante" e é o que mais se aproxima de um prémio Nobel para quem é uma "estrela rock".

    Em 2007, este mesmo prémio foi atribuído aos actores George Clooney e Don Cheadle, pelo trabalho em prol da paz no Darfur, Sudão.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.