BCE vai introduzir novas notas de euro mais seguras em 2013

BCE vai introduzir novas notas de euro mais seguras em 2013

 

Lusa/AO online   Economia   5 de Nov de 2012, 13:49

O Banco Central Europeu (BCE) vai começar a introduzir em 2013 uma segunda geração de notas de euro, com mais medidas de segurança visíveis do exterior, avançou a rádio pública regional alemã 'Hessische Rundfunk'.

Um porta-voz da autoridade monetária confirmou que o BCE trabalha “desde há algum tempo” nas novas notas, uma estratégia que "está prevista ser apresentada na quinta-feira pelo presidente da instituição", Mário Draghi.

Contudo, por motivos de segurança, o BCE evitou até agora divulgar as novas medidas de proteção que vão ser incorporadas nessas notas, mas tudo indica que aumentarão as defesas em relação à falsificação.

O BCE confirmou, mesmo assim, que as cores e os padrões das novas notas se vão manter como até aqui.

A rádio alemã referiu também que se prevê que sejam introduzidas paulatinamente notas de cinco euros a partir de maio de 2013, enquanto serão retiradas de circulação, em simultâneo, pelos bancos centrais do eurosistema as notas de primeira geração.

Posteriormente, o mesmo procedimento irá ser adotado com as restantes notas de euro, lançando em cada ano um novo tipo de notas, por ordem crescente.

As atuais notas de euro são as mesmas desde a introdução da moeda comum em 2002.

Entre as medidas de precaução, as notas atuais possuem marca de água, hologramas, filete metálico, fibras florescentes e um papel especial.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.